Make your own free website on Tripod.com

Lincoln e Kennedy

           

Coincidências escabrosas na vida e morte dos dois americanos:

  1. Os dois foram Presidentes dos Estados Unidos e foram assassinados numa Sexta-feira na presença das esposas.
  2. Abraham Lincoln foi eleito em 1860.
  3. John Kennedy foi eleito em 1960.
  4. Os dois Presidentes interessaram-se pela Lei do Direito Civil (Civil Rights).
  5. Ambos foram alvejados por trás e na cabeça.
  6. Seus sucessores, ambos chamados Johnson, nasceram no Sul, eram senadores e democratas.
  7. Andrew Johnson nasceu em 1808.
  8. Lindon Johnson nasceu em 1908.
  9. John Wilkes Booth (assassino de Lincoln) nasceu em 1839.
  10. Lee Harvey Oswald (assassino de Kennedy) nasceu em 1939.
  11. Booth e Oswald foram assassinados antes de serem julgados.
  12. Os dois assassinos eram do sul.
  13. Ambas as esposas dos Presidentes perderam bebês enquanto viviam na Casa Branca.
  14. O secretário de Lincoln, cujo nome era Kennedy, aconselhou-o a não ir ao teatro.
  15. O secretário de Kennedy, cujo nome era Kennedy, aconselhou-o a não ir a Dallas.
  16. John Wilkes Booth atirou em Lincoln de um teatro e fugiu para um armazém.
  17. Lee Harwey Oswald atirou em Kennedy de um armazém e fugiu para um teatro.
  18. Os nome Lincoln e Kennedy contém sete letras cada.
  19. Os nomes de Andrew Jonhson e Lindon Johnson contém 13 letras cada.
  20. Finalmente os nomes de John Wilkes Booth e Lee Harvey Oswald têm 15 letras.

    Até aqui transcrevi um trabalho do professor de Hebraico e Grego, Sérgio Guedes. Pelo que tenho pesquisado nos livros de Avro Manhattan e Dave Hunt, a "santa madre" tem sempre metido o bedelho em todos os assuntos políticos do Ocidente, quando isso lhe convém aos interesses financeiros. O ex-padre Charles Chiniquy em seu livro "Fifty Years in the Church of Rome", jura que ela mandou matar Lincoln,. De lá para cá têm morrido papas, cardeais, reis e presidentes de tal maneira que dá para desconfiar que o diabo tem andado solto, principalmente desde 1870, depois que a Revolução Italiana conseguiu destronar os papas e eles tiveram de ficar confinados ao Vaticano, por algumas décadas. Aí vieram Mussolini e o seu comparsa Hitler, quando o Vaticano ganhou fôlego novamente, liquidando Judeus e Sérvios, através dos seus dois amados "afilhados". Dali tem manobrado governos, políticos, personalidades religiosas do mundo inteiro, dando uma de "reino de Deus". Durante mais de 50 anos essa Igreja usou os falsos "Protocolos de Sião", tão falsos como os "Decretos de Isidoro" e as "Doações de Constantino", da antigüidade, para conseguir cada vem mais poder político, financeiro e religioso. Finalmente, ela agora está em vias de se transformar de vez na sonhada Igreja Mundial, conforme a profecia de Apocalipse 17-18... E, então, vamos aguardar os acontecimentos mais tenebrosos do planeta... Se não formos arrebatados antes da vinda do Anticristo!

 

Mary Schultze

Informações colhidas no livro "Fact or Fraud?",

do Dr. Goran Larsson, Diretor do

"The Jerusalem Center for Biblical Studies & Research", edição de 1994.

"The Vatican’s Holocaust", de Avro Manhattan

 

Home