Make your own free website on Tripod.com

Seleção dos melhores e-mails recebidos e respondidos:


05

Resposta a uma Católica que diz:

 

Estou enviando este e-mail a vocês para lhes dizer que, como sempre, os evangélicos, oriundos de igrejas espúrias e inventadas com o intuito de tirar dinheiro dos pobres para os luxos (vide a IGREJA UNIVERSAL), vivem a denegrir a Igreja Católica que tem 2000 anos e não 300 ou 10 anos.

Resposta - A Igreja Católica não tem 2.000 anos, pois veio da fusão do paganismo com o judaísmo e uma pitada de cristianismo, tanto que se chama “católica”, isto é, “universal” através de Constantino, o imperador romano pagão, no século IV e do apóstata Eusébio, que teve a petulância de afirmar, contrariando a Escritura, que “Constantino e Cristo iriam governar juntos, por toda a eternidade”!

  Vocês falam da mãe de Cristo como se ela fosse uma mulher qualquer. ELA NÃO É NÃO! A Deus nada é impossível. Jesus não seria concebido pelo Espírito Santo através de uma qualquer e, muito menos através do pecado original, do qual todos nós viemos.

Resposta: A mãe de Jesus foi uma mulher qualquer, como eu e a missivista. Deus não faz acepção de pessoas, segundo a Bíblia, e quando escolheu Maria para ser a mãe de Jesus na carne, usou a Sua onipotência para fazer o que quis e o que lhe agradou, sem que Maria tivesse qualquer mérito no assunto.

  Ele deve estar muito triste com a campanha que vocês, evangélicos, promovem contra a Mãe Dele.

Resposta: Deus só se entristece com o pecado e falar a verdade  bíblica de que Maria foi uma mulher judia comum, igual às demais esposas e mães de família do seu tempo, é a verdade e nada mais que a verdade, e Deus sempre se agrada com a verdade.

 Vocês devem saber que discriminação no Brasil, de qualquer tipo (credo, raça etc. {esqueceu um pontinho, aqui}) deverá ser punida na forma da Lei. Não se vê um católico sequer vir a público falar mal de nenhuma religião.

Resposta: Quem tem discriminado os protestantes são os católicos, que somente agora se achegam a eles, porque o papa mandou que o fizessem, a fim de promover o  seu abraço de urso. No Brasil temos liberdade de expressão e pensamento, desde que o país deixou de ser lacaio absoluto do papa. A verdade é que os católicos não podem ir  (não é vir) a público falar mal de religião alguma, simplesmente porque endossam o falso ecumenismo de sua Igreja, morrem de medo de ser excomungados pelo papa e, o que é mais importante, são todos completamente analfabetos em matéria de Bíblia e, portanto, não podem enfrentar os protestantes que a conhecem bem. Se os católicos lessem a Bíblia, como eu li, há 22 anos atrás, abandonariam a sua Igreja, cumprindo a ordem de Jesus dada em Apocalipse 18:4 – Sai dela povo meu!

 

 Só vocês. Criam até um site para falar mal da Igreja Católica. Aprende (erro no tempo verbal) a respeitar o teu (não é seu, pois não se pode misturar tratamento)  próximo como a ti mesmo, conforme nos ensinou o Senhor Jesus.

Resposta: Minha senhora! Será que Jesus daria 3 erros de gramática num único versículo bíblico? Este não é o Jesus que eu conheço!

  Quanto a (esqueceu a crase, aqui) autenticidade da Bíblia, só são autênticas  aquelas que tem (esqueceu o acento, aqui) a palavra "IMPRIMATUR",  (a palavra em maiúsculas já significa “imprima-se”, portanto dispensa a palavra seguinte) impressa em seus exemplares.

Resposta: Como essa missivista é pobre em matéria de conhecimentos. Ela nunca ouviu falar em Clemente de Alexandria e Orígenes, os dois pais da igreja primitiva que adulteraram a Bíblia. Ela nunca leu a Bíblia King James, embasada no Textus Receptus de Erasmo, um padre católico autor do Novo Testamento Grego. Ela nunca leu a Bíblia de Lutero, em alemão, como eu, para ver que o texto da mesma é exatamente igual ao Textus Receptus de Erasmo, enquanto a Bíblia conhecida como “Vulgata Latina”, a mãe de todas as Bíblias católicas,  foi completamente deturpada por Jerônimo, a fim de englobar os livros apócrifos, que o cânon da igreja primitiva não aceitou por não serem inspirados. Ela ignora ainda que a Igreja Católica corrompeu a Bíblia verdadeira (a “Velha Latina” embasada no Texto Recebido dos apóstolos, que mais tarde seria conhecido como Textus Receptus). E que o fez exatamente para encaixar a lendária (que nunca existiu) Septuaginta, inventada na Hexapla de Orígenes, a fim de dar respaldo à idolatria, ao purgatório, ao sacerdotalismo e à adoração aos santos, principalmente ao endeusamento de Maria, a mulher judia comum agraciada para ser mãe de Jesus na carne, mas que jamais poderia receber o título de “mãe de Deus” porque simplesmente Deus é eterno e, portanto, não pode ter mãe. Essa pobre coitada, completamente enganada pelos sofismas de Roma, ignora que sua Igreja já sacrificou cerca de meio bilhão de inocentes (judeus, protestantes e ortodoxos), em seus 16 séculos de existência,  contrariando o mandamento de Jesus que nos amássemos uns aos outros, ao mesmo tempo em que Ele, Jesus,  combateu a mentira religiosa dos fariseus, como eu costumo fazer com os fariseus modernos, que são os hierarcas romanos.

 

 A Bíblia de vocês é adulterada, de acordo com a conveniência da sua igreja.

Resposta: Adulterada...  a Bíblia protestante? Quando e como? Será que essa pobre católica pode ao menos ter uma idéia do que a Igreja de Roma fez com a Bíblia, que a sua hierarquia juntou com a Tradição e o Magistério, colocando os três em pé de igualdade, quando Jesus declarou textualmente em João 17:17 que “A Palavra de Deus é a verdade”? Será que ela sabe que a tradição mente, e que Jesus condenou a tradição dos fariseus? Será que ela conhece o que a Bíblia diz sobre o coração do homem, que é corrupto e mentiroso (Jeremias 17:9)?

 

E desde quando a Santa Maria lia a Bíblia como vocês dizem neste site? A Bíblia só foi escrita muito tempo depois da crucificação. Todos, os do povo, (duas vírgula a mais, aqui), naquela época, eram analfabetos.

Vejam só! Esta católica, que me acusa de ofender Maria, porque digo que ela não é uma deusa, é quem está  ofendendo Maria de verdade, chamando-a de analfabeta. Ela ignora totalmente que os judeus, principalmente os da tribo de Judá, onde deveria nascer o Messias de Israel, eram ensinados a ler o Velho Testamento e que Maria não era uma analfabeta, conforme os padres ensinam. Eles sim, são todos analfabetos em matéria de Bíblia e de piedade cristã.

Os Apóstolos receberam o dom da escrita e poderem (puderam?) se expressar em várias línguas do Espírito Santo, para que pudessem passar adiante os ensinamentos de Jesus.

Meu Deus, que ignorância crassa a dessa mulher! Ela deve ser uma tremenda carismática! Os apóstolos falaram em línguas apenas para a instalação do evangelho, mas escreveram-no em Grego e Hebraico. Imaginem um Paulo, doutor em vários idiomas, recebendo o dom de línguas, a fim de poder escrever suas Cartas, quando na 1 Coríntios 12:18, ele declara textualmente que fala mais línguas do que todos os membros da Igreja de Corinto. Além do mais, o Novo Testamento foi organizado como um todo, depois do primeiro século, mas os Quatro Evangelhos e os outros livros já circulavam separadamente nas igrejas primitivas, em partes conhecidas como “Lectionari”,  principalmente as Epístolas de Paulo, que essa coitada nunca deve ter lido. Porque se o  fizesse, como eu fiz, há 22 anos atrás (principalmente Gálatas e Romanos), já teria abandonado a Igreja de Roma.

 

Peço a vocês que não me mandam mais e-mails, pois sou católica e jamais entrarei para uma igreja evangélica para me tornar mais uma fanática e fazer parte de grupos de charlatões  que invocam o nome de Jesus somente para ganhar dinheiro e status, à (esqueceu mais uma crase) custa dos pobres.

P.S.: Maria está chorando sim, mas é por causa de vocês!

     Quando se diz que Maria está chorando é uma bela maneira de dizer o quanto ela iria chorar se visse como a Igreja de Roma a transformou numa deusa pagã abjeta, quando ela foi uma simples mulher judia e os judeus detestavam o paganismo e, principalmente, a idolatria desse povo.

Não escrevo em jornais e revistas defender a IURD, mesmo porque  não sou escrava de igreja alguma, como essa mulher é escrava da igreja Católica. Sou batista e obedeço exclusivamente a Palavra de Deus, não a padres e pastores. Só me atenho a combater as heresias grosseiras do Catolicismo, como a idolatria, o purgatório, o sacerdotalismo, a crueldade contra os “hereges”, e assim por diante.

O Bispo Macedo vai prestar contas a Deus dos seus atos. Contudo, ele é um homem salvo e, portanto, vai ser julgado no Tribunal de Cristo (2 Coríntios 5:10) e não no terrível Tribunal dos não salvos, no final dos tempos,  quando Cristo julgará os pagãos, inclusive os católicos, conforme o evangelho de fé mais obras, que é  a pregação de Roma.

Ora, homem algum jamais pôde cumprir a Lei de Deus. a não ser Jesus Cristo. Portanto, conforme a Bíblia, TODOS OS CATÓLICOS QUE NÃO SE CONVERTEREM AO LEGÍTIMO EVANGELHO DE CRISTO, ABANDONANDO A SUA IGREJA IDÓLATRA E MENTIROSA, VÃO CAIR NO INFERNO E DISSO TENHO A CERTEZA ABSOLUTA QUE ME É DADA PELA PALAVRA DE DEUS.

 

Mary Schultze  


04

Prezado Sr. Richard!

 

Em geral não me dou ao trabalho de responder as 20 cartas diárias que me chegam pelo correio normal e eletrônico, porque sou uma senhora de 70 anos e, principalmente agora que estou operada de um olho e devo operar o outro em poucos dias, não posso me dedicar muito ao computador. Contudo. O Sr. é educado e vou tentar responder alguns itens da mensagem recebida esta noite, mesmo porque perdi o sono e tenho tempo, coisa rara em minha vida atarefada de pesquisadora (embora o Sr. me negue o título) e dona de casa com filhos, netos, etc. O Sr. tem o mesmo nome do meu neto único que reside na Alemanha e já me agradou pelo nome.

Certa dia tive em minhas mãos um exemplar do semanário "Folha Universal", e passando os olhos nas matérias vi a sua coluna, a qual me interessou porque li que (você?) tem o título de "pesquisadora de religião".

Esse título me foi dado pelos leitores, portanto devo merecê-lo, mesmo que o Sr. não concorde. Já notei que todo católico/espírita (o Sr. nega, mas na certa é um deles) que me escreve sempre diz que pegou a “Folha” por acaso!

Comecei a ler então o artigo e notei que o teor da matéria pouco se referia a um estudo aprofundado e imparcial de alguma religião, mas sim  era um ataque impiedoso à Igreja que a senhora chama de "romanista".

Amigo, eu fui uma líder católica por 48 anos. Desde que deixei a Igreja de Roma há 22 anos tenho me dedicado ao estudo de sua história. O Sr. terá feito o mesmo para me contestar desse modo?

 Comecei então a tentar entender o porquê de tantos insultos e não cheguei a uma conclusão.

Se não chegou a conclusão alguma, por que, então, me escreveu? 

Sinceramente não entendo como algum cristão pode atacar e julgar outro cristão, mesmo não aceitando a doutrina desse irmão, ño meu entender, um bom cristão evangeliza mostrando as coisas boas de sua fé e não apontando os supostos erros das das outras.

Aprendi a mostrar os erros da falsa religião  com a Bíblia, pois era isso que Jesus e Paulo faziam. O Sr. conhece bem a Bíblia? Sou formada em Teologia Bíblica. O Sr. também é?

Se a senhora não gosta do catolicismo, deixe-os para lá, mostre como a doutrina da Igreja Universal é bonita, como Nosso Senhor Jesus Cristo é maravilhoso para vocês, essas coisas.

Não preciso enaltecer a doutrina da IURD, simplesmente porque não pertenço à mesma. Sou batista. Se tenho um espaço na “Folha”  este me foi dado pelo Bispo Macedo que, por acaso, é meu parente. Aliás, nunca elogio igreja alguma, porque nenhuma é perfeita, a não ser a invisível, que é a única legítima Igreja de Jesus Cristo e a esta pertencem todos os salvos. O Sr. por acaso é salvo? Eu só defendo a Bíblia.

Não sigo a nenhuma igreja, mas acompanho o que diz as doutrinas cristães tenho vários amigos católicos praticantes e minha mãe é protestante), e vejo que meus amigos católicos nunca falam mal dos protestantes e minha mãe também nunca crítica o catolicismo.

 Se o Sr. não segue igreja alguma já está errado, pois este é um mandamento contido na Carta aos Hebreus. E não deve ter uma boa cultura bíblica e nem na própria língua materna, portanto não tem o direito de me criticar. Quanto à Sra. sua mãe, ela deve ser como 99% dos protestantes, que vão à igreja aos domingos, ouvem e aprovam tudo que o pastor fala e ficam por aí. Não sigo exatamente uma igreja, não sigo pastor algum, sigo a Bíblia e leio-a conforme aprendi, com os estudos de Exegese, Apologética, Hermenêutica etc. A Sra. sua mãe não pode nem deve criticar o catolicismo porque não deve ter lido pelo menos 10 mil páginas sobre essa religião de mentiras, como eu li, e, portanto, não teria base de criticar a mesma.

Mas sempre que vejo os fieis da Universal, é um verdadeiro bombardeio de críticas ao catolicismo.

Nada sei a respeito do “bombardeio” que os membros da IURD fazem ao catolicismo porque não leio muita coisa na “Folha” , por falta de tempo. Tenho de ler pelo menos 200 ps. de Inglês por dia, a fim de me atualizar, e traduzo pelo menos 10 ps. para ganhar o dinheiro com que custeio as despesas de minha mãe paralítica de 92 anos de idade.

Sem mais delongas, porque creio que a senhora já tenha compreendido o sentido do e-mail, peço que a senhora reveja a sua maneira de fazer as suas colunas daquele semanário para que não agrida mais os fieis de outras crenças.

Lamento, mas estou velha demais para aceitar sugestões de pessoas que conhecem o assunto em debate menos do que eu mesma.

Lembre-se : Juntos os cristãos podem ficar mais fortes para combater a miséria e fazer caridade com o irmão necessitado (Trabalhar junto em prol do próximo não significa ter que discutir aspectos doutrinários).

Se o Sr. acha que fazer caridade é mais importante do que defender a sã doutrina, fique nesse caminho e deixe-me prosseguir no meu. Este foi o Dom que Deus me deu e a tarefa da qual me encarregou. Certo? A Bíblia ensina que “cada um terá de prestar contas a Deus de si mesmo”, mas também diz que “Quem tem o Filho tem a vida e quem não tem o Filho de Deus não tem a vida eterna” e por aí a fora. O Sr. tem o Filho de Deus?  Senti cheiro de espiritismo em sua carta.

Fique com Deus.

Espero ter sido clara e aconselho-o a ler mais, a fim de aprender melhor a nossa língua e não cometer erros tão banais como os de sua carta. Agradeço o “carinhosamente”  e garanto-lhe que “já estou com Deus”, pois tenho o Filho.

Abraços

Mary Schultze  


03

Amados!

Já recebi esta linda mensagem pelo menos três vezes, mas sempre a leio com carinho porque é realmente um exemplo de amor ao próximo, coisa tão difícil de se ver ultimamente.
Agora vou enviar também duas historinhas do meu repertório e, que sabe, vocês vão gostar?
Abraços
Mary

O Cachorrinho do Rabo Santo

    Garanto-lhes que é uma história verídica e, portanto, não é uma história católica. Foi narrada por um jornalista evangélico americano.
    Certo dia, uma jovem passeava pelas ruas de Roma, com o seu cachorrinho de estimação, quando, ao passar em frente ao atelier de um famoso escultor, ouviu alguém correndo atrás dela. Era o próprio, que lhe pedia, encarecidamente,  um pedaço do rabo do seu cãozinho para fazer a barba de um “santo” encomendado por uma Igreja Católica da cidade. A moça concordou. Mais tarde, ao contemplar o rabinho cotó do seu cachorro, ela raciocinou: : “Ora, se esse rabo vai ser a barba de um “santo” e  eu  for me ajoelhar diante dele, estarei adorando o rabo do meu cachorro!”  Então ficou, para sempre, curada da sua idolatria! E resolveu entregar-se a Jesus, tornando-se uma crente evangélica.
Mary Schultze - (Trecho do livro “Answers to my Catholic Friends”, de Thomas  F. Heinze, p.32, traduzido pela autora).

O Jumentinho

    Muitos pastores evangélicos (e nem vou falar dos padres católicos porque esses nem sequer precisam ser mencionados) têm o mau hábito de usar o nome do Senhor Jesus Cristo para se promover na vida. Ultimamente o que mais se vê são “pastores”  (que um erudito pastor batista costuma chamar de “baixo-pentecostais”) fazendo milagres, expelindo demônios e curando enfermos – em o Nome de Jesus – quando na verdade essas curas, na maior parte das vezes, são falsas, temporárias ou até realizadas pelo “espírito santo” de orelhas. Se eles trabalhassem de graça, tudo bem, porque Jesus disse: “de graça recebestes, de graça dai” (Mateus 10:8). Contudo, o que se vê é um bando de urubus famintos por dinheiro, usando e abusando do nome do homem mais pobre que já viveu neste mundo – Jesus de Nazaré.  Eles precisam ler Mateus 7:15-23 para ver o que os aguarda, no Dia do Julgamento Final.
Esses pastores semi-analfabetos se comportam como aquele ingênuo jumentinho, que tendo levado Jesus no lombo, quando Ele entrou em Jerusalém, achou que já havia se tornado uma estrela no firmamento judaico. Vamos ler a história dele.
"Dizem que o jumentinho que levou Jesus a Jerusalém ficou muito empolgado com o coro de boas vindas dadas ao Senhor, que dizia assim:
“Hosana! Bendito o Rei de Israel que vem em nome do Senhor” (João 12:13.
Meses após a crucificação de Jesus, o jumentinho resolveu voltar à Cidade de Davi, para ver o que lhe aconteceria.
 Lá chegando, ninguém notou sua presença, ele se retirou cabisbaixo e foi ter com sua mãe, indagando: “Mãe, por que ninguém me deu atenção, agora?” A égua, muito triste com a decepção do filho, explicou-lhe:
 “Meu filho, a primeira vez em que você foi a Jerusalém levava sobre os lombos o Deus Criador e Sustentador do universo.  Agora, sozinho, quem iria lhe dar atenção? Sem Jesus, o seu status é apenas o de um jumento, filho de um burro, filho de uma égua, e disso jamais passará...” (Extraído do livrinho “Gotas de Sabedoria”.

 


02

Cadê Maria, hem?

 

        Tenho recebido quase diariamente mensagens de católicos me destratando porque, segundo eles, desrespeito a sua "Virgem Santíssima". Um deles vou citar e em seguida responder. Só que em cerca de 20 linhas ele cometeu nada menos de 15 erros de português. Ora, se não sabe escrever a própria língua, como é que esse católico semi-analfabeto vai poder discernir os erros doutrinários de sua Igreja mentirosa? O Catolicismo se alimenta da ignorância dos seus adeptos. Por isso é que país católico sempre tem maioria de analfabetos... Vejamos o que fala esse "mariano".

 

            ... Eu fiquei realmente confuso, se deveria me rebaixar a lhe escrever alguma coisa ou seguir os conselhos de quem entende. "Só ataca quem tem medo!" ...

        Resposta: Medo de que ou de quem? Dos castigos de Maria? Agora ela também já se transformou em anjo vingador?

 

        ... e desprezar as aberrações que você escreve, baseada em autores altamente consagrados e de grande reputação no meio editorial ou até mesmo religioso.

        Resposta: Se você reconhece que escrevo baseada em autores altamente consagrados e de grande reputação... Então por que não acredita no que falo? Isso é contradição...

 

        ... Eu teria um bilhão de argumentos que derrubariam um a um as suas infundadas - ou seriam insanas? - acusações a dogmas e princípios católicos, mas não será possível; a sua inteligência não será capaz de entender.

        Resposta: Bem, seria realmente difícil eu entender o seu bilhão de argumentos, pois se em 20 linhas você cometeu 15 erros gramaticais, já imaginou eu ter de corrigir erros de português um bilhão de vezes em bilhões de linhas de "argumentos seus?"

 

        ... e eu fico imaginando você Mary...Tá vendo como Deus faz as coisas certas? Você com todo o seu ardiloso e blasfemo veneno em cima de MARIA e ....TEM O NOME DELA! Por que será que sua mãe lhe colocou o nome de Mary? EM HOMENAGEM À NOSSA RAINHA!

        Resposta: Minha mãe era uma pobre católica enganada pelos sofismas de Roma. Mas, pela imensa graça e misericórdia de Deus, ela se converteu, quando tinha 88 anos de idade, lendo um livro de Rick Jones, que traduzi, pensando nela, e cujo título por mim colocado foi "Por Amor aos Católicos Romanos", em vez de colocar a tradução literal do título em Inglês "Compreendendo o Catolicismo Romano". Garanto que agora ela iria me dar um nome mais apropriado. Aliás, até que minha mãe foi esperta, pois tendo eu nascido no dia 8 de dezembro, ela não concordou com a parentela católica, que desejava me acrescentar um ridículo "da Conceição" e, desse modo, salvei meu marido alemão, anos mais tarde, de se engasgar com esse palavrão.

        Quanto a ser RAINHA, Quem disse que Maria é rainha de alguma coisa? O apóstolo João, a quem ela foi entregue por Jesus, na hora da morte, quando escreveu Apocalipse, já bem velhinho, e Maria já tendo morrido, não a viu sentada no trono, ao lado de Jesus! Será que ele estava tão míope na hora da visão e, por isso, não enxergou sua mãe adotiva reinando soberana ao lado do Filho? Cadê Maria, hem?

 

        ... Se Maria não é especial por que será que Deus não escolheu um serzinho qualquer como ... você para ser a mãe do Filho e DEUS feito carne?

        Resposta: Ora, seu bobalhão. Deus não me escolheu por vários motivos: 1) Porque Ele é soberano e escolhe a quem quer e a quem lhe apraz. 2. não nasci antes de Jesus e, portanto, não poderia ter sido mãe dele. 3) Porque mesmo que tivesse nascido antes de Jesus, não sou judia, da tribo de Judá e, portanto, seria um erro Deus me escolher e contradizer as Escrituras proféticas. Porque Deus nunca erra... SABIA?

 

        ... Porque, ao contrário de gente pretensiosa e boba como você, Maria não se pegava a coisas pequenas e não se atrevia a julgar ninguém e se julgar a dona da verdade e superior a todos os outros reles mortais...DEUS sabe o que faz...

        Será mesmo que Maria não se apegava a coisas pequenas e nem se atrevia a julgar ninguém? A verdade é que ela até sabia julgar as pessoas ... e erroneamente. Pois julgou que Jesus estava louco, segundo consta em Marcos 3:21: "... saíram (Maria e os irmãos de Jesus) para o prender; porque diziam: está fora de si". Maria nasceu pecadora (Romanos 3:23), e ainda cometeu vários pecado e um deles foi o de abandono, quando deixou para trás o Filho de Deus, em Jerusalém. Creio que se Maria tivesse cometido esse pecado na América do Norte, em nossos dias, onde as leis funcionam de verdade, ela teria recebido um severo castigo dos grupos zelosos da boa conduta familiar, além de multa e de uma provável prisão temporária, por negligência infantil. Como você vê, Maria era uma mulher judia comum, igual às outras. Não foi "mais bendita do que todas as mulheres" , mas apenas "entre as mulheres". E graças a Deus, porque se fosse uma bendita senhora americana, ela estaria em maus lençóis...

        ... e eu fico felicíssimo em saber que você continuará a atacar durante muito tempo os católicos, afinal CONTINUAREMOS a ser maioria e vamos continuar louvando cada vez mais a palavra de Jesus e lutando para tornar este lugar melhor a cada dia...

        Resposta: Você fica feliz que eu "continue a atacar os católicos" (Ora, ataco apenas o sistema católico e não os infelizes enganados pelo sistema). No Catolicismo os membros da Igreja são o laicato e não os líderes da hierarquia romana, portanto não ataco os católicos. Pelo contrário, morro de pena deles, porque ficam bajulando o papa e os outros mentirosos da hierarquia romana, enchem o Vaticano de dinheiro e depois... vão todos eles torrar no inferno. Porque purgatório não existe, a não ser nos documentos dos papas, com o fito de se abastecer de grana à custa dos idiotas... Claro que vocês vão ser maioria...Isso é bíblico, a Religião Mundial vem aí, encabeçada pela sua Igreja... para ser destruída pelo sopro da boca de Jesus...

 

        Tornar o mundo cada dia melhor? Como? Com os padres formando 30 por cento dos pedófilos mundiais, atacando crianças indefesas para satisfazerem seus instintos sexuais? Com o Vaticano dono de 1/3 de toda a riqueza do mundo ocidental, tirando dinheiro dos pobres e emprestando esse dinheiro ao Terceiro Mundo, com juros exorbitantes? Sua Igreja só produz frutos de miséria, de ignorância, de perdição.

        Será que Maria aprovaria isso? Talvez... as "Nossas Senhoras" pagãs do Catolicismo até aprovassem. Porque a Maria da Bíblia, a simples e dócil mãe de Jesus, era uma mulher honesta e não iria abençoar pedófilos e mentirosos como são os hierarcas de Roma. Esses prelados, que você e tantos outros católicos consideram santos e vivem lhes beijando os pés, irão todos para o inferno e nisso eu apostaria até minha alma... Se pudesse fazê-lo. Mas não posso ir para o inferno, nem mesmo querendo, pois o Pai me deu a Jesus e, portanto, Ele jamais me jogaria fora...

 

        ... Livre de alguns falsos profetas cuja consideração aos fiéis é proporcional à sua conta bancária ....AH! Não se preocupe não quero ser obreiro da Universal!

        Resposta: Você acha que o Bispo Macedo iria aceitar um hipócrita e mentiroso como você no quadro de obreiros da IURD? Olhe aqui, ó mentecapto desconjuntado, eu sou batista, mas se tivesse de escolher entre ser uma líder católica, como fui durante muitos anos, por ignorância bíblica, e ser uma simples obreira da IURD, mil vezes eu me sentiria honrada em ser uma obreira da IURD, como tenho uma neta que é, porque a IURD nunca matou ninguém e sua Igreja já matou cerca de meio bilhão de inocentes. Sabia? Quem sabe, um dia, ainda serei a Bispa Schultze da IURD, hem?

 

        ... Que DEUS tenha compaixão e misericórdia da sua alma e pobreza de espírito e tenha certeza de que, apesar de tudo, Maria continuará ao lado de Cristo,  intercedendo por nós, inclusive por você!

        Resposta: Deus já demonstrou misericórdia demais, quando me fez sair da Babilônia de Apocalipse 18:4, dizendo: "Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas" . Quanto à minha "pobreza de espírito", é uma bem-aventurança. Por que não lê Mateus 5:3 e outros?

        Intercessão de Maria a meu favor eu dispenso totalmente. Já tenho o maior e melhor Advogado do universo intercedendo por mim, Jesus Cristo (Hebreus 7:25), e não preciso da ajuda de nenhuma " Nossa Senhora" Daqui, Dali nem Dacolá...

 

        Com enorme compaixão da sua mentalidade distorcida, Luis Roberto

 


 01

        Cara Senhora Mary Schultze,

        Com este nome e sobrenome certamente você não é brasileira, se é, certamente não teve o berço da nossa civilização. Faz parte do grupo opressor, que vem matando nossos povos algumas décadas.

 

        Já começa dando furo, "seu" Mendonça, porque sou brasileira do Ceará, filha, neta e bisneta de brasileiros, e este nome alemão herdei do marido falecido. Quanto ao grupo opressor, o Sr. deve conhecer bem, já que faz parte do maior do ocidente, isto é, o catolicismo romano!

 

        O seu artigo "Os Males do Ecumenismo e do Ocultismo na Igreja Atual" (1), publicado na Folha Universal, n. 434, 30 de julho a 05 de agosto 2000, não parece ter saído das mãos de uma pesquisadora estudiosa da religião, parece, isto sim, de uma pessoa irresponsável, que não sabe o que diz.

 

      Sei muito bem o que digo porque leio autores protestantes, católicos, judeus e agnósticos (em quatro idiomas), enquanto o Sr. só deve ler as xaropadas do esclerosado "teólogo" Bittencourt, o qual, por sua vez, só lê as mentiras dos jesuítas, que são os homens mais perversos e mentirosos da terra.

 

           Algumas afirmações suas são ofensivas a muitas religiões, não somente aos católicos.

 

      Quem fala a verdade sempre ofende. O Sr. é tão idiota que nem notou que eu também critiquei a IURD em meu artigo, da qual não faço parte, pois sou batista de denominação.

       Critiquei e vou continuar criticando, não só a "mãe das abominações", que é a sua igreja, como todas as evangélicas que não se pautam absolutamente pela Palavra de Deus, que vocês não respeitam e, por isso, quando forem julgados pela mesma, conforme João 12:48, serão todos condenados.

 

        Gostaria de lhe ajudar a refletir, se é possível, sobre algumas de suas afirmações:

 

        Primeiro, aprenda que o verbo "ajudar" é transitivo direto, por isso não é "lhe ajudar", mas ajudá-la. OK? Depois, com os conhecimentos que tenho a respeito da história de sua Igreja, não preciso da ajuda de um católico papista, que nem conhece direito a própria língua, para me ajudar a refletir.

 

        1. João XXIII deflagrou o ecumenismo para" apagar as más lembranças deixadas por Pio XII que levou o mundo à II Guerra Mundial,Guerra do Vietnã e quase a terceira guerra": Uma pessoa sensata jamais diria isto, muito menos uma pesquisadora de religião.

 

        É exatamente por ser pesquisadora que digo isso e muito mais. Vocês, católicos, são tão mal informados que não conhecem a verdade. Acreditam em purgatório, imaculada conceição, assunção de Maria, infalibilidade papal, transubstanciação e outras baboseiras religiosas. Nem sequer imaginam que tudo foi criado a partir das mentirosas tradições de alguns Pais da Igreja, que se envolveram com o Platonismo (ex. Clemente e Orígenes de Alexandria) e se tornaram ocultistas, criando fábulas ridículas, a fim de se firmar como teólogos. Foi desse tipo de teologia que nasceu a tradição patrística, na qual vocês acreditam piamente, porque são parvos, preguiçosos para pesquisar e engolem tudo o que a "meretriz de Apocalipse" lhes empurra pela garganta.

 

        Tenho certeza que a senhora não desconhece a história, ou talvez, tenha lido a história a partir da dominação americana no mundo.

 

        Não leio a história a partir da literatura americana. Sobre Pio XII eu já tinha dito o que havia descoberto, há anos, sobre o seu envolvimento com os nazistas, inclusive do ouro nazista roubado pela sua Igreja no "Trem da Misericórdia". Fui chamada de mentirosa e agora os próprios escritores católicos, como John Cornwell, o pesquisador católico Antônio Louçã, do Porto (Portugal), e outros estão confirmando o que eu já vinha falando há meses. Pesquisei na Alemanha, pois tenho família em Berlim e lá consigo saber de coisas que o Vaticano não pode mais esconder, nesta era da Internet.

 

        Estes, sim, os americanos, conquistadores e exploradores do mundo, geraram as guerras acima mencionadas. Pio XII não é um paranóico. Paranóico são aqueles que vivem proclamando a presença do demônio no mundo e ganhando dinheiro encima do medo de pessoas simples e desenformadas.

 

        Desinformado é o Sr., que ignora que o imperialismo americano cresceu junto com o da sua igreja e agora o Vaticano já é quase dono desse império colossal, como sócio majoritário de todas as multinacionais, bancos, mega-empresas, com suas mais de 500 ordens religiosas (porém não cristãs) comercializando a fé católica, vendendo indulgências e outras mentiras.

        Provavelmente o Sr. ignora que as guerras do Vietnã e da Coréia foram patrocinadas, também, pela sua Igreja apoiando espiritualmente os deflagradores da mesma, em troca do despojo material e espiritual. E que o atentado a JP2 (o papa atual) foi bolado pelos jesuítas, o que afirmei durante a visita do papa ao Rio, em 1997, tendo sido chamada de mentirosa. Agora o próprio atirador deu esse depoimento, na terra natal.

 

        Como é que um católico tem coragem de criticar a IURD com os seus erros tipo "migalhinhas de pão dormido", quando há toneladas de sujeira escondidas sob os quilométricos tapetes do Vaticano? O Sr. é um lacaio do Vaticano e eu sou serva apenas de Jesus Cristo. O Sr. obedece a homens corruptos e mentirosos, eu obedeço apenas a Palavra de Deus, que é minha completa e absoluta regra de fé e prática.

        Nada tenho a ver com os erros da IURD e os seus bispos certamente darão contas a Deus dos seus erros doutrinários, não eu. Por favor, note que a última palavra não é "desenformada" (tirada da forma) mas "desinformada". Seria bom que o Sr., em vez de ficar "pastoreando enganosamente" parte do rebanho do papa, fosse estudar um pouco de português.

        Paranóico é quem introgetou (mais um erro crasso de português) o mal da perseguição e pensa que todos estão contra ele, assim acontece com vocês da Reino Universal (Que igreja é essa?) Paranóica é uma mulher que se diz pesquisadora e escreve um monte de bobagens, (esqueceu uma vírgula aqui) acusando homens que buscaram responder aos problemas do mundo, num contexto que para nós é muito dificil de entender.

        O mundo só se tornou "difícil de entender" porque sua Igreja deturpou o evangelho de Cristo, o homem mais pobre da terra, que nem tinha onde reclinar a cabeça, transformando-se em dona de 1/3 de toda a riqueza global e continuando a pedir mais dinheiro aos idiotas, que vão dando, na certa imaginando que estão comprando a salvação, que é um Dom gratuito de Deus e não carece de obras mortas nem de dinheiro para comprar um lugar no céu, depois do mitológico purgatório.

 

        2. Chamar a Igreja de Babilônia do Apocalipse: Isto somente mostra a sua total falta de estudo, informação e cultura Bíblica. Para mim a senhora é uma grande fanática, daquelas que seria capaz de explodir um carro bomba para forçar a adesão às suas idéias. Leia com mais atenção os textos bíblicos, dedique-se a um estudo mais sério em alguma universidade que realmente faz pesquisa sobre a Sagrada Escritura.

 

        Não precisa aconselhar-me a ler a Bíblia, o que faço diariamente, na base de 10 capítulos, enquanto que vocês, católicos, não conseguem fazê-lo nos 365 dias do ano. E mesmo quando o fazem, é numa Bíblia totalmente corrompida por Jerônimo (Vulgata Latina), que não passa de uma falsificação da "Velha Latina", a qual não sofreu os danos doutrinários dos manuscritos corrompidos pelos pais alexandrinos.

        Freqüentei universidades, mas garanto-lhe que não foi uma católica, do tipo que impõe seus ensinos a partir da lavagem cerebral jesuíta em seus alunos.

 

        Tenha acesso às fontes extra-bíblicas para poder entender os contextos e textos que hoje temos diante dos olhos. O fanatismo não é a verdade! Seja livre para enfrentar a realidade dos fatos e não se esconda atrás de frases manipuladas, usadas somente para ofender as pessoas e as religiões. Se a Igreja Católica fosse a Babilônia atual ela já teria engolido vocês.

 

        Fanático é quem defende uma igreja monstruosa como a sua. Eu defendo a Palavra de Deus, que é lâmpada para os meus pés e luz para os meus caminhos!

 

        Engolir vocês? ... quem? Os protestantes? Por acaso o Sr. ignora que 90% destes já caíram no conto do "vigário de Cristo", que exibindo uma cara de santo, contudo não passa de um lobo faminto pronto a devorar as verdadeiras ovelhas de Cristo?

 

        Pelo contrário, são os senhores que estão engolindo o povo com promessas falsas de libertação espiritual, com a doutrina sobre o demônio, arrancando das pessoas dinheiro com a doutrina sobre o dízimo numa visão errada do Antigo Testamento. A Babilônia foi a experiência da mentira, do engano, da opressão. Vocês estão enganando, iludindo e roubando as camadas sociais pobres e desenformadas, ganhando dinheiro fácil às custas da ignorância do povo.

 

        Já deixei bem claro que não pertenço á IURD. Trabalhei durante 45 anos para conseguir aposentar-me, com menos de 10 salários mínimos, trabalhando mais de 8 horas diárias. Enquanto isso, os padres, bispos e outros prelados "pelados" em matéria de cristianismo, se locupletam rapidamente ás custas da ignorância do povo católico, vendendo uma salvação que nem sequer possuem e, consequentemente, não podem vender. Eles é que são os legítimos vendilhões do templo de Deus.

 

        3. Suas fontes de pesquisa: Interessante uma pesquisadora se limita a um autor apenas. Que tristeza! Como a sua cabeça é pobre e mal informada. Isto só demonstra a sua pouca cultura e falta de estudo sério. Leia mais. Procure outros autores que realmente estudam o fenômeno religioso. Não se limite a um autor que tem como objetivo escrever contra o Vaticano. Isto não é fonte de pesquisa segura; mesmo sendo ele um não crente. Pessoas sérias vão além de um autor.

 

        Quem lhe disse que me valho apenas de um autor, quando posso ler, fluentemente, em quatro idiomas? Se eu fosse dar uma lista dos autores que costumo ler, teria de vasculhar minha pequena biblioteca de 2.500 volumes sobre a história Babilônia de Apocalipse 17 e 18.

 

        4. O ecumenismo é a lepra que está enfeando o consumismo e o protestantismo: Realmente a senhora não sabe nada de nada sobre ecumenismo.

        Aconselho-a a ler alguma coisa um pouco mais substanciosa. Não tenha medo do ecumenismo, ele não é uma lepra. Pelo contrário é um remédio contra a divisão, ódio, rancor, desamor entre as religiões. Acontece que os senhores da Universal não estão preocupados com o AMOR, mas sim com o alastramento do domínio de satanás, cujos representantes são pessoas como a senhora e muitos ditos pastores da Universal. Vocês têm medo do ecumenismo porque a Universal não tem base de religião. Ela não agüentaria um confronto com outras religiões. Vocês não têm Tradição, nem magistério, nem ética religiosa alguma. Cada um faz o que quer e assalta o povo como quer para ganhar postos mais altos na hierarquia da Universal. O ecumenismo colocaria em xeque tudo isso e seria muito ruim para o negócio rendoso dos senhores.

 

        A leitura mais substanciosa que faço é na Palavra de Deus, numa edição embasada nos Textos Massoréticos Antioquianos (ou Textus Receptus de Erasmo, ou Texto Majoritário) e não Alexandrinos, como os corrompidas Bíblias de sua igreja. Desse modo, não preciso da tradição nem do magistério porque o próprio Deus afirma o seguinte a respeito de sua Palavra: "Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda boa obra". (2 Timóteo 3:16,17)

 

        "Não são do mundo (cristãos verdadeiros), como eu do mundo não sou. Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade ". (João 17:16,17)

 

        5. Para os líderes dessas denominações Jesus Cristo não teve nascimento virginal, não é Deus:

        Esta afirmação é inconseqüente e custa acreditar que saiu da tinta de uma pessoa que se diz pesquisadora de religião. Que coisa triste. Minha senhora, estude um pouco mais. De novo repito: estude! Nenhuma Igreja Tradicional ecumênica nega a divindade de Jesus Cristo e muito menos a sua humanidade. Vocês é que não sabem o que é isto. Jesus Cristo para vocês é um meio para ganhar dinheiro fácil. Ele é, para vocês da Universal, o deus do dinheiro. Ele faz milagres, expulsa demônios etc... para garantir que a sacolinha do culto volte para as mãos do pastor cheia de dólares, reais, francos, marcos.....etc....Vocês usam o nome de Deus para manter a forma mais desonesta de ganhar dinheiro fácil com a tal FOGUEIRA DE ISRAEL. Um ritual mentiroso, astuto, feito por homens e mulheres acostumados a tirar dinheiro das pessoas sem o menor peso de consciência. Essa tal Fogueira é crime nacional.

 

        Eu daria minha alma ao diabo (o que não posso fazer porque ela já está salva e nas mãos do Pai Celestial, resgatada única e exclusivamente pelo sangue de Cristo derramado na cruz). Repito: eu daria minha alma ao diabo, se pelo menos 10% dos clérigos romanistas cressem realmente na divindade de Cristo. Deixam de crer nessa verdade depois que são obrigados a estudar tanta filosofia alexandrina. À alta hierarquia convém que os seus lacaios sejam incrédulos a respeito deste dogma, que é a base do verdadeiro cristianismo. Porque somente assim poderão acatar os falsos dogmas da Igreja de Roma. E saiba que em minha igreja batista não se usam gasofilácio nem sacolinha, seu ignorante.

        Quanto aos erros da IURD, por favor, peça contas – se tem coragem de fazê-lo – ao bispo Macedo e não a mim, que não pertenço à mesma.

 

        6. A Igreja Romana é o caminho para onde convergem todos os falidos espiritualmente:

        Não seria o contrário? Pessoas desiludidas e em busca de uma religião fácil, sem exigências éticas. A Igreja Católica não precisa se esconder atrás do imediatismo religioso e muito menos de promessas de uma vida fácil. O caminho dos falidos são vocês. Uma seita que não respeita ninguém e quer se impor pela força, pela ganância de poder, pelo pacto político partidário, levantando calúnias contra as pessoas e religiões. Pobres de vocês, criaturas desenformadas, iludidas e contaminadas pelo ódio religioso.

 

        7. Aids do ocultismo: Que forma tão anti-ética para falar de algo tão sério, que mata milhares de pessoas no mundo. Se existem situações ocultas no protestantismo é porque vocês não têm Tradição nem referências alguma a um corpo doutrinário. O nariz de cada pastor é o limite do próprio saber. O que está acontecendo, minha senhora pesquisadora, é que o mundo religioso é cada vez mais plural, as manifestações religiosas se multiplicam, enquanto que religiões fundamentalistas como a sua permanecem dentro da casca do ovo pensando que o mundo está perdido e vocês estão salvos.

 

        O Sr. acabou de chamar Deus de mentiroso. Por favor, leia em sua Bíblia as cartas de Paulo aos Gálatas e aos Romanos, a fim de aprender que todos aqueles nascidos de novo, unicamente através da fé em Cristo e no Seu sacrifício vicário, sem adição de obras mortas, sacramentos e invocações aos defuntos (inclusive Maria), estão salvos e jamais passarão pelo mitológico purgatório católico e muito menos cairão nas chamas eternas do inferno. Quem tem o Filho tem a vida... Sabia?

 

        Cuidado com a forma como a senhora fala de outras religiões, muito cuidado. Podemos até discordar em pontos de doutrina, porém, pessoas educadas, realmente estudiosas, não precisam descer ao nível da baixaria para falar dos outros.

 

        Por acaso o Sr. está me ameaçando? Cuidado, digo eu! A lei do país nos dá liberdade de expressão, enquanto o catolicismo não tomar conta – novamente – do mundo inteiro. Portanto, deve ter cuidado quem ameaça os outros. Agora o Sr. já entrou na lista dos suspeitos, caso me aconteça algo! Cuidado, digo eu!

        Nível de baixaria pode ser a sua especialidade. Tenho 70 anos de idade, deixei a Igreja de Roma aos 48, e tudo o que escrevo agora é embasado na Bíblia e não nas tradições fajutas de sua Igreja. Para encerrar, leia estas palavras de Lutero, ex-monge católico:

       Muitos me acham contundente demais contra o papado. Pelo contrário, eu até lamento ser tão macio. Gostaria de poder fulminar o papa e o papado com uma tempestade de raio... Amaldiçoarei e censurarei esses vilões até ir para o túmulo, e jamais terei uma palavra gentil a favor deles... Sou incapaz de fazer minhas orações sem amaldiçoar essa gente, ao mesmo tempo. Se estou pronto a dizer ‘santificado seja o teu nome’ também devo acrescentar ‘amaldiçoado, condenado e destruído seja o nome dos papistas’. Se estou pronto a dizer ‘venha o teu reino’, também devo acrescentar: ‘amaldiçoado, condenado e destruído seja o papado"’. De fato, sempre repito isso todos os dias verbal e mentalmente, sem interrupção. ... Nunca trabalho melhor do que quando estou enfurecido. Quando estou com raiva, posso escrever e orar melhor, posso pregar bem, pois assim todo o meu temperamento ferve e o meu entendimento fica mais agudo.

        E leia, também, as palavras de um grande erudito bíblico americano em Grego e Hebraico, o Dr. Tornwell:

        Empregar palavras macias e frases melífluas ao discutir questões de importância eterna; negociar com erros que se chocam contra os fundamentos de toda a esperança humana, como se fossem erros inofensivos e veniais; abençoar o que Deus reprova e fazer apologia ao que Ele nos conclama a enfrentar como homens e denunciar, embora possa ser o método mais seguro de garantir aplausos numa era sofisticada, constitui-se em crueldade contra o homem e em traição ao Céu. Os que em tais assuntos colocam mais importância às regras de cortesia do que o fazem com as medidas da verdade, não defendem a cidadela, mas a entregam nas mãos de seus inimigos. Amor a Cristo e às almas pelas quais Ele morreu será a medida exata do nosso zelo ao expor os perigos nos quais as almas humanas estão enredadas.

        Citações do livro "Final Authority", do Dr. William P. Grady, Th.D. e D.D.

 

        Por favor, "seu" Mendonça, não me incomode mais. Tenho muito o que fazer na obra de Deus e não posso perder tempo lendo e corrigindo suas mensagens. OK?

 

 

 

Home